5 de fev de 2011

HIDRELÉTRICA



Hidrelétrica, não seria tua missão
Iluminar sem interrupção
Durante a noite e de dia
Responda-me então agora
Esse apagão de outrora
Lhe- trouxe alguma economia
Éssa história tá mal contada
Tem alguma coisa errada
Retardando tua transmissão
Incerteza é a palavra certa
Cabe a nós manter-nos em alerta
Acendendo vela, lamparina e lampião

POETA AMBIENTAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário